Category :

crianca-comendo-feliz

Uma das coisas ruins de ser adulto é que a gente se esquece, com mais frequência do que deveria, da leveza da infância. Essa é uma fase da vida que, quando traz recordações, geralmente vem recheada de saudades. Isso acontece porque, lá na frente, quando éramos crianças, não conhecíamos o lado ruim das coisas. E, se agora a gente conhece, não precisamos focar neles o tempo todo…

Na campanha de abril queremos saudar todas as fases da vida, que têm suas dores e delícias. Mas a infância é, basicamente, só delícia. Quer relembrar? Pra que você tire um dia e reviva o gostinho de não conhecer limites, fronteiras ou estresse, separamos alguns programas de criança que vão muito bem com queijos “de adulto”. Assim, você une o melhor do passado e do presente – e se inspira a fazer um futuro bem mais gostoso!

Vamos lá?

PEÇA DE QUEIJO + “O PEQUENO PRÍNCIPE”

Nunca é tarde para ler pela primeira vez esse clássico da literatura, e também não existem limites de quantas vezes reler. “O Pequeno Príncipe” nos ajuda a despertar, a cada página, a criança que existe em nós, e os valores nos quais essa criança acredita, de verdade. O livro é o terceiro mais traduzido do mundo, atrás só da Bíblia e do Alcorão, e foi escrito pelo francês Antoine de Saint-Exupéry. Por isso, pede uma peça de queijo francês pra acompanhar a leitura. Foque no Brie, Camembert, Camembleu… ah, e se não for ler pra uma criança, uma tacinha de vinho vai muito bem – e está liberada!

PIZZA DE MUSSARELA + O REI LEÃO

Se você viveu boa parte dos anos 1990, vai se lembrar que esse filme é uma das animações mais divertidas e emocionantes da história. E, com o intuito de celebrar a infância, pode juntar os amigos e fazer uma verdadeira festa ao redor da obra. Pipoca é praxe, mas uma pizza de Mussarela com refrigerante também acompanha muito bem esse momento, além de ter tanto gostinho de infância quanto o clássico do cinema.

MISTO QUENTE + CAVERNA DO DRAGÃO

Ainda voltando para a década de 1980/90, lembra quando a gente se sentava em frente à TV para fazer lanches rápidos? Não importa a emissora, nos horários de “criança em casa” a programação tinha uma vasta gama de desenhos animados para nos entreter. O misto quente de presunto com Queijo Prato e um copo de suco de laranja era praxe naquela época… então porque deixaria de ser agora? Na falta de programação de TV com animações saudosistas, ligue o YouTube, procure por Caverna do Dragão (quem se esquece desse clássico?!), coloque em tela inteira e faça seu lanchinho adulto com gostinho de infância.

SANDUÍCHE FRIO + PIQUENIQUE NO PARQUE

Na falta de telefones móveis e redes sociais, o mundo parecia ser mais feliz quando as famílias gastavam seu tempo entre si e, principalmente, em contato com a natureza. Quem é que tem mais de 25 anos e nunca fez um piquenique na vida?! É quase impossível achar essa figura, mesmo que ela tenha morado a vida inteira na cidade grande. É hora de relembrar o quanto é bom se desconectar da internet e se conectar com a tranquilidade fazendo um piquenique no parque mais próximo, naquela tarde preguiçosa de sábado, ou domingo, e levando na cestinha bolos, pães, sucos e sanduíches frios, recheados com Creme de Ricota, Cream Cheese, Queijo Minas! Olha que delícia! Nossa criança interior sempre pediu e sempre pedirá muita sombra e água fresca, né? Se tiver sanduíches fresquinhos e deliciosos na equação, então, nosso adulto exterior morre de alegria!

E aí, gostou das nossas dicas? Celebre a infância com elas e deixe, nos comentários, mais dicas de programas infantis que os adultos adoram fazer – e que casariam perfeitamente com queijo, assim como o doce de leite e a goiabada… (que, aliás, também são ícones da infância! #SddsRoça)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *