Category :

Os queijos amarelos são companheiros fiéis de diversas receitas e até mesmo dos queridos fast-food, por este motivo são na maiorias das vezes considerados os vilões das dietas e alimentação saudável devido ao rótulo recebido de alimentos calóricos, mas o que muitos não sabem é que pelo contrário, os queijos amarelos não são tão vilões para a alimentação e você confere a seguir algumas curiosidades e informações sobre esses queijos.

Por que a cor amarelada destes queijos?

A coloração amarelada desses queijos é devido ao seu modo de preparo, além de alguns queijos receberem o corante de urucum outros também podem ser queijos de massas semi-cozidas ou cozidas. A cor amarelada não é apenas resultado da quantidade de gordura, mas também de outros motivos, como a presença de vitamina A, a cor também pode surgir até mesmo no modo de se cozinhar a massa láctica, caramelizando a cor do leite.

Sabor intenso e baixa lactose

Os queijos amarelos possuem um sabor bem mais intenso se comparado com outros tipos de queijos, devido a baixa – ou quase nenhuma – presença de lactose. Alguns queijos ainda possuem um sabor ligeiramente frutado e adocicado.

Veja abaixo mais informações sobre os Queijos Amarelos Finos

  • Emmental – Considerado pelos brasileiros como parte do grupo de queijos suíços, o Emmental é produzido com leite de vaca, possui uma casca natural amarela grossa e olhaduras típicas dos queijos suíços. A massa é semidura e o aroma do queijo jovem, é suave, ligeiramente adocicado e frutado, com sabor de nozes. Os queijos mais curados, são mais fortes e picantes. Por ser de fácil derretimento, o Emmental é muito usado na culinária para fazer molhos e quiches, além de ser o queijo base do fondue.

  • Estepe – Fugindo um pouco dos demais, o Estepe é um dos únicos queijos de forma quadrada e olhaduras ao centro. Originário das estepes russas, o queijo tipo Estepe é fabricado com leite de vaca. Possui uma cor amarelo-palha, massa semicozida, e aroma e textura próximas ao do queijo Prato. Devido a sua maturação, seu sabor é frutado, ligeiramente picante.

  • Gruyère – Seu nome foi inspirado na cidade de Gruyères na Suíça. É um queijo com coloração amarela, casca dura e seca. Em sua textura, as olhaduras são semelhantes ao do queijo Emmental. Possui um sabor mais forte e textura densa, o que proporciona um derretimento cremoso ao gratinar. O queijo Gruyère é bem versátil, podendo ser servido puro, em lanches ou na preparação de pratos. É este o principal ingrediente para fazer o fondue.

  • Gouda – De origem Holandesa e produzido com leite de vaca, apresenta uma casca vermelha muito lisa. É um queijo de massa semicozida, textura macia e sua parte interna é permeada por pequenas olhaduras. Quando mais jovem seu sabor é frutado e doce, mas à medida que envelhece o seu sabor e aroma se intensificam. Também pode ser usado na culinária como base em molhos de queijos, suflês e até mesmo acompanhando doces.

Falamos de dois queijos que são base para o delicioso Fondue, então não podíamos deixar de passar a receita para essa maravilha, mas se você prefere algo pronto e mais rápido, experimente nossas Massas de Fondue que são deliciosas.

Massas de Fondue São Vicente

Fondue de Queijos Amarelos

  • 200g de Queijo Emmental São Vicente ralado;
  • 300g de Queijo Gruyère São Vicente ralado;
  • 150mL de vinho branco;
  • 1 dente de alho;
  • Sal e pimenta do reino a gosto.

Modo de preparo:
Corte o dente de alho ao meio e esfregue as metades no fundo da panela onde será preparada o fondue. Adicione à panela os queijos e o vinho branco. Ligue o fogo e vá mexendo o conteúdo até que os queijos formem uma massa bem homogênea. Tempere com sal e pimenta a gosto e depois transfira tudo para a panela de fondue, mantendo o fogo bem baixo – ou desligado – se julgar necessário.
Caso sinta que o conteúdo do fondue de queijo não está tão cremoso, quando ainda estiver no fogo, acrescente mais um pouco de vinho para diluir o volume.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *