provolone

O Provolone tem sua origem na região da Lombardia, na Itália, e é um dos queijos mais conhecidos no mundo. Fabricado com leite de vaca, possui uma casca amarela-dourada fina e dura, e apresenta uma textura aveludada e compacta (sem olhaduras). O sabor é ligeiramente picante e acentua-se com a maturação. Esse queijo é amarrado com cordas ou redes sintéticas e secam pendurados. Depois são defumados até se obter a cor desejada da casca.

 

provolone_skinPROVOLONE_sl

Consumido geralmente puro. É uma ótima opção como aperitivo, cortado em cubos ou em lâminas. Pode ser temperado com azeite extravirgem e ervas. Também é utilizado na gastronomia para gratinar saborosos pratos.

O Provolone envelhecido é ótimo para ralar e acompanhar massas. Vinho tinto Syrah e cervejas de trigo.

Por apresentar baixo teor de umidade na massa, o Provolone até pode ser conservado em temperatura ambiente. Após aberto, o ideal é manter resfriado em uma temperatura de até 16°C.. Uma boa alternativa para armazenar este queijo refrigerado sem perder o sabor e a textura é embrulhá-lo em um papel toalha absorvente e depois passar um filme plástico, de forma bem aderente ao produto. Consumir em até 10 dias.

Porção de 30g (1 fatia)

Valor energético 111kcal=463kJ (6%VD)
Carboidratos 1,0g (0%VD)
Proteínas 11,0g (15%VD)
Gorduras totais 7,0g (13%VD)
Gorduras saturadas 4,0g (18%VD)
Gorduras trans 0 (-)
Fibra alimentar 0 (0%VD)
Sódio 330mg (14%VD)

 

(*) % Valores diários com base em uma dieta de 2.000 kcal ou 8400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas. **VD não estabelecido. Ingredientes: Leite tratado termicamente, cloreto de sódio, cloreto de cálcio, coalho e fermento láctico. NÃO CONTÉM GLÚTEN. Modo de conservação: Mantenha resfriado à temperatura não superior a 16°C. Após aberto, manter em geladeira e consumir em até 20 dias.

O Provolone lidera a lista dos queijos com maior quantidade de cálcio. Uma alimentação rica em cálcio é extremamente importante para fortalecer a estrutura óssea do corpo e evitar a osteoporose.

Com o leite pasteurizado no tanque de fabricação, adiciona-se os ingredientes cloreto de cálcio, fermento e coalho. Ao coagular o leite, é feito o corte da coalhada e a primeira mexedura. Em seguida, a massa fica em repouso, momento em que é feita a dessoragem parcial. A segunda mexedura é mais vigorosa, e é acompanhada do aquecimento da massa que ocorre através de calor indireto nas paredes do tanque de fabricação. O Mestre Queijeiro verifica o ponto cerca de 60 minutos após o corte da coalhada. Então é feita a dessoragem total e a fermentação da massa até o dia seguinte. Ao cortar os blocos, é hora de fazer a filagem da massa em água quente, enformando nas formas próprias e, em seguida, o resfriamento em água gelada. A salmoura ocorre em câmaras frias. Após a secagem, os queijos são amarrados e enviados para defumação. Só depois são embalados em sacos plásticos apropriados e enviados para câmaras frias até o momento de sua comercialização.